21.1.14


/

[Resenha] Céu em Chamas – Janice Diniz

CEU_EM_CHAMAS

Título: Céu em Chamas – As pessoas boas não estão mais aqui
Série: Matarana – Livro II
Autora: Janice Diniz
Editora: Lexia
Páginas: 512
Ano: 2013
Classificação: 5/5 Coração vermelho

Skoob

Onde comprar? Amazon

Cortesia da autora :)

 

Para ler a resenha de Terra Ardente clique aqui. As partes que estão em branco no texto são spoilers, daí quem quiser ler é só selecionar! ;]

Sinopse: Começa em Matarana a estação das chuvas e o prado se torna verdejante e úmido, transformando a paisagem hostil. A chegada do tráfico de óxi e de um antigo inimigo de Franco também transformará o cotidiano dos caubóis do cerrado. E Rodrigo Malverde abrirá fogo contra os velhos e os novos criminosos da cidade, sendo obrigado a se aliar ao homem que quer roubar a sua mulher. Amor, sensualidade, ação, intriga e muitos tiros. Não se iluda com as aparências... AS PESSOAS BOAS NÃO ESTÃO MAIS AQUI.

As mulheres com personalidades fortes e os caubóis envolventes continuam fazendo parte do universo Matarana. Em Terra Ardente todo o local e suas peculiaridades nos são apresentados; nós já sabemos que estamos lidando com uma história de personagens cativantes e muitas disputas pelo poder. Já em Céu em Chamas não bastam os latifundiários gananciosos, os pistoleiros matando a torto e a direito, as emboscadas e o dinheiro sujo comprando tudo e todos. Agora também estamos falando do início da temporada dos fortes temporais, do tráfico de óxi, das mudanças e do recomeço. Janice Diniz nos convida para embarcar novamente, através das letras, numa história em que tudo é dito e o medo não tem vez.

Posso dizer, com todas as letras, que comecei o ano não só com o pé direito, mas com o lado direito do corpo todo (se isso existir, rs) com a leitura de Céu em Chamas. Foi uma “certeza maravilhosa” – não uma surpresa, pois mesmo antes de ler, eu já sabia do potencial que é a série e o que pode ocorrer com as histórias que passam pelas mãos dessa querida autora –. Janice, obrigada por você ter colocado um pouco do que se passa em sua mente no papel. ♥

A impressão de que as palavras saltam das páginas e alcançam a imaginação do leitor, característica presente nos trabalhos da autora, permite a sensação de que o texto é real para quem lê. Torna-se tão palpável, que o que ocorre (as mudanças do enredo, as reviravoltas, alegrias e tristezas dos personagens…) parece demonstrar que foi tudo minimamente pensado, mas também deixa uma percepção do crível, do habitual, do dia a dia, do natural. É um estilo de escrita maravilhosamente incomum de se ler! Como já havia colocado na resenha do livro anterior, esta série é deliciosamente apaixonante por ser diferente.

cowboy-love-engagement-session-6

Terra Ardente deu início a jornada, de uma forma ímpar, deixando leitores encantados por onde passou e mostrando que veio para surpreender, e Céu em Chamas segue pelo mesmo caminho conseguindo ser melhor, se isso for possível. Matarana não é somente uma história com caubóis tudo de bom  se envolvendo com não tão mocinhas; a série é mais! Bem mais que isso! Estamos falando de uma série com temática adulta, que aborda sobre um local comandado por política, rixas e dinheiro! Um local em que as pessoas escolhem um lado; uma população sofrida, mas que não é esquecida por pessoas que ainda lutam pelo certo. Um texto bem escrito – com uma narrativa crua e por vezes até cruel –, que concede ao leitor a oportunidade de, além de se apaixonar pelos personagens e suas histórias, refletir.

O leitor é reinserido na história, sutilmente, através dos diálogos e de simples colocações, sem parecer que o objetivo é justamente esse, mas sim de uma forma que completa o texto, fazendo parte do que está sendo abordado. Em Céu em Chamas não só temos o foco principal na visão dos protagonistas, mas a autora abrange o quadro, com diversas participações, nos mostrando que cada um dos personagens presentes na série tem sua importância, e são essas “várias visões” que enriquecem ainda mais a história, afinal o leitor passa a conhecer o que ocorre no interior de cada personagem citado – que assim como qualquer ser humano tem suas falhas, como também ‘virtudes’ –, nos mostrando todo o potencial da narrativa, que em meio a tantas novas situações, pensamentos e individualidades os encontros acontecem, convergem, não deixando pontas soltas, mostrando que cada detalhe tem o seu porquê.

Aí para completar, ainda temos o tal do romance! Eu, como uma romântica em absoluto, anotei uns trocentos quotes e reli inúmeras passagens do livro. É amor maior! Janice consegue mostrar beleza nos casais imperfeitos, mas com químicas perfeitas, sabe?! São relacionamentos, como qualquer outro, sem nada fantasioso, com uma mega dose de realidade, e que mesmo assim encantam. Afinal, alguém vive só de flores?

"– Quando a gente quer dizer mais do que 'eu te amo', o que a gente diz? – ela perguntou com uma voz embargada.
– Para sempre. – Ele respondeu confiante."

Também é perceptível o amadurecimento dos personagens no livro. Já havia falado na resenha anterior que pude perceber a evolução de cada personagem e em Céu em Chamas não podia ser diferente.  Karen continua “Paraíba masculina mulher macho sim senhor…” , mas agora temos um diferencial: Rodrigo Malverde. O delegado continua lutando pelos seus ideais corretos. Nova não deixou de ter sua característica investigativa (mesmo grávida *-*). Franco é uma mistura de ideias conservadoras, mas ao mesmo tempo um homem do mundo e lindo. Ainda entendemos um pouco mais da história do Thales Dolejal (meu novo amor, rs). E muito mais!

Em meio a tantas situações e momentos preenchidos de muita ação, a escrita da autora vai ganhando um tom até que sarcástico, diante dos personagens abordados, o que nos brinda com muitos sorrisos. Também há uma atmosfera de perigo durante todo a obra, deixando uma ansiedade boa de sentir e términos de capítulos com uma diversidade de xingamentos na ponta da língua do leitor.

Dona, espero ler todos os seus trabalhos, os escritos e os que virão. Obrigada por mais essa oportunidade e pela sua paciência! Que você tenha muita inspiração em sua vida e tenha a certeza que o que for produto de sua imaginação ganhará meu coração! ♥

Desculpem a resenha enorme e surtada, ok?! Favoritos fazem isso comigo! E Céu em Chamas estará na minha lista dos favoritos do ano. Eu sei, foi o primeiro livro de 2014, mas é que com essa escrita o que me resta é a certeza!

" – Deus Pai!, como você é bonito! – exclamou, parando à porta e admirando o rosto cheio e vida, os olhos castanhos cor de mel, radiantes, e a paixão estampada na cara. (...)
– Almas gêmeas são parecidas até na fisionomia, li isso em algum lugar. – disse, apertando os olhos como se buscasse tal informação na memória.
– Sempre tem uma coisa bonita pra me dizer.”

Livros da Série:  Terra Ardente, Céu em Chamas  e Fogo no Cerrado.

Playlist:

Céu em Chamas by Mi Ribeiro on Grooveshark

Beijos! Espero vocês nos comentários!

Créditos da Imagem ;]

Comente com o Facebook:

16 comentários:

  1. eu sou SUSPEITÍSSIMA pra falar dos livros da Janice. me conquistaram justamenmte por isso, essa difrença, essa influência de uma cultura, com expressões, jeitos que eu não conhecia e os personagens na sua essência humana, Karen é a heroína que deu um chute nas mocinhas dos livros! amo o jeitão independente dela, mas fico com uma dó de Rodrigo! eu nem digo nada de Franco e Nova, o amadurecimento do casal, me rendeu os melhores quotes do livro! e tem o DOLEJAL! que coisa! eu não consigo odiar ele! Janice é uma coisinha, transformar o "vilão" nun cara que dá vontade de por no colo e cuidar! tô torcendo muito para um certo casa que tenho quase certeza que vai se formar. rsrs e claro, tem todo o desenrolar na trama, uma história muito bem costurada que só talento da Janice pra fazer! eu babo mesmo, não nego, e fico só imaginando como vai ser Fogo no Cerrado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Ana! Você é uma fofa, rs.
      Somos duas babonas, então hahahahaha
      Obrigada pelo comentário tão animado e tenha certeza que também estou numa ansiedade só por Fogo no Cerrado!

      Beijos!

      Excluir
  2. Olá.
    Eu sempre vejo as pessoas falando bem do primeiro livro e eu fico com muita vontade de ler, eu preciso ler! UAHSUAHSAU Adorei a resenha e não selecionei as partes brancas de spoilers para ler, ainda bem que você avisou porque eu sou curiosa UAHSUAHS

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vanessa!
      Leeeeia! hahaha
      Sério, a Janice escreve de uma forma que "dá gosto"!

      Beijos!

      Excluir
  3. Mirela,

    Mais uma vez uma resenha de tirar o fôlego, e que veio no momento certo, no seu e no da série, já que estamos próximos do lançamento do último livro da série.
    O que posso dizer? Adorável, inteligente e emocionante. Muito obrigada!
    Fico feliz também por ter conseguido mexer com suas emoções e diverti-la também. Além de surpreendê-la com o senhor Dolejal kkkk Viu, só...os brutos também amam kkkk

    Um beijo grande pra ti, dona!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem o meu amor de fã, sua linda! <3
      Esses homens Dolejal são de matar, viu?! :D~

      Beijo, bonitona!

      Excluir
  4. Oi Mi,
    Vc começou o ano melhor que eu pq não curti mto minha primeira leitura hehehe.
    Não conheço as obras da autora, mas só vejo elogios na blogosfera literária.
    O que mais me chamou atenção em sua resenha foi o fator verossimilhança do livro. Parecem personagens reais em situações reais. E por mais banal que isso possa parecer a primeira vista, mtos livros tem me decepcionado por essa falta de realismo.
    Abraço,
    Alê
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alê! :)
      Ai que pena, que você não curtiu a primeira leitura de 2014. :/ Espero que já tenha lido livros melhores!
      Esse realismo é muito presente nos livros da Janice sim; e tenha a certeza que ela merece cada um dos elogios que vem recebendo!

      Beijo!

      Excluir
  5. Oie Mi =)

    Todo mundo fala super bem desse série mas infelizmente ainda não tive a oportunidade de ler ela. A cada resenha fico ainda mais curiosa *---*

    Gosto de livros em que eu consiga me envolver com a história e os personagens. E pelo visto essa série tem isso!

    Espero poder ler em breve!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ane!
      Espero que você tenha a oportunidade de ler em breve! A escrita da Janice é amor!

      Beijos!

      Excluir
  6. Oi!
    Eu ainda não conhecia esse livro e nem a autora.
    Mas adorei sua resenha. Ele parece ser muito bom.
    Vou dar uma sondada na net para saber mais dele.

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oiee Mii =)
    poxa amiga, eu ainda não tenho os livros, e depois das tuas palavras fiquei instigada, gosto de descobrir obras nossas - nacionais - que são tão bem escrita, quero ler com certeza!
    Beliscões carinhosos da MáhPreto de copas (cartas)
    Cantinho da Máh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Máh, tu vai amar! Tenho certeza! ;)

      Beijos!

      Excluir
  8. Oi Mi
    Vim conferir sua resenha de Céu em Chamas! Tão apaixonada como a minha! rs
    E tem como não amar?
    Ahhhhhh eu sou louca de amores por esses caubóis, por Matarana, pela escrita da Janice!
    Sou muito, muito fã!
    E já estou sofrendo antecipadamente pelo fim da série! rs
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lí!
      Mais uma fã que está sofrendo MUITO com o fim da série. D:
      É impossível não amar né?!

      Beijo!

      Excluir

Olá, querido leitor!
Nós agradecemos a sua visita e carinho.
Não serão aceitos comentários ofensivos/ spam, ok? Lembre-se que o seu comentário é a nossa motivação! ♥

Volte sempre!