14.2.13


/

[Resenha] Predestinados – Josephine Angelini

PREDESTINADOS_1341029925P

Título: Predestinados
Autora: Josephine Angelini
Editora: Intrínseca
Páginas: 314
Ano: 2012

 

Skoob

 

Onde comprar? Livraria Saraiva | Livraria Cultura

 

 

Sinopse: Helen Hamilton passou a vida inteira tentando disfarçar o fato de que é uma garota diferente, mas agora, aos dezesseis anos, isso está cada vez mais difícil. Não apenas por causa de sua força sobre-humana ou porque às vezes, sem motivo aparente, pessoas estranhas simplesmente a atacam, mas também porque ela teme que seu juízo esteja seriamente comprometido. Pesadelos recorrentes com uma estranha viagem pelo deserto e a visão de três mulheres derramando lágrimas de sangue a tem atormentado noite e dia. Ao mesmo tempo, um impulso inexplicável, incontrolável, passa a dominar seus pensamentos: Helen quer matar Lucas, um dos rapazes da glamorosa e misteriosa família Delos. À medida que descobre mais sobre sua verdadeira origem, ela percebe que a relação dos dois está submetida não só à sua vontade, mas a forças e tradições ancestrais.

Eu tomei conhecimento da existência de Predestinados na 1ª Turnê da Intrínseca, aqui em Recife, e lembro que assim que vi fiquei completamente encantada com o conjunto: capa linda, enredo envolvendo algo que eu adoro - Mitologia Grega -, e romance. E mesmo com todos esses prós, a leitura não fluiu com tanta facilidade assim. Vamos entender o por quê?

Helen Hamilton tem 16 anos e mora com o pai, Jerry Hamilton, em uma Ilha no Atlântico. Abandonada pela mãe quando pequena - só guarda um colar como lembrança -, e  com características diferentes das ‘pessoas normais’, ela tenta ir vivendo sem ser notada, por ser incomum. Além da força sobre-humana, ela começa a ter pesadelos, que não parecem somente simples pesadelos e existe pesadelo simples, Mirela?, e a ser atormentada por três mulheres que choram lágrimas de sangue. Quando tudo parecia que não podia piorar, a família Delos chega à cidade viram a notícia da ilha e parece incomodar Helen sem motivo. A beleza e a inteligência pertencentes a família, e que encantam de pronto a todos, só trazem o sentimento de um ódio ‘injustificado’ em Helen.

Na escola, ela passa a ter contato com os cinco jovens da família. Hector, o mais velho de todos, irmão dos gêmeos Jason e Ariadne, e primos dos irmãos Lucas e Cassandra. E é com Lucas que ela acaba perdendo o seu controle, porque o ódio por ele parecia ser maior, e o ataca no corredor da Escola. A partir desse evento, a aproximação entre a família Delos e Helen se torna inevitável. Ela precisava de ajuda.

“- Você é muito importante para nós. Muito mais do que posso explicar agora.”

Pág. 110

No começo de Predestinados eu senti dificuldade para engatar a leitura; me acostumar com o estilo da narrativa demorou um pouco, pois a obra é narrada em terceira pessoa e permeada de muitas informações. Pra vocês terem uma noção, nos dois primeiros capítulos – nas primeiras 30 páginas - nós já temos muitas informações e continua assim por todo o livro; muita ação, mistérios e mais mistérios o tempo todo. E por algumas vezes essa característica deixou a leitura um pouco cansativa. :(

A semelhança com a Saga Crepúsculo é algo que eu não poderia deixar de comentar. O que eu senti foi como se os personagens colocados não tivessem personalidade própria, pois as características são parecidíssimas! E mesmo não citando as personalidades em si, em alguns momentos eu achei até alguns acontecimentos parecidos. Esse fato me deixou bem triste!

Josephine, como eu já cometei, não economiza na ação e na quantidade de acontecimentos, mas não é porque ela colocou muita coisa acontecendo que foi deixando pontas soltas e isso foi um ponto positivo. A narrativa tem muitos mistérios sim, mas muitos deles são revelados, de forma paulatina. Por isso, mesmo Predestinados não ter sido um ótimo livro, pra mim, tem elementos que me farão ler o próximo volume, além do Lucas lindo da curiosidade pra saber o desenrolar da história, tem a mitologia e todo o seu encanto.

Por isso se você gosta de Mitologia e quer estar envolvido em um YA com fatos sobre a Guerra de Troia, eu te convido a ler e tirar as suas próprias conclusões! :)

“Enquanto ele saía do vestiário, tirou a camisa suja de sangue e jogou no lixo. A visão de Helen se focou de novo e ela ficou olhando enquanto as costas nuas dele se afastavam dela. Os últimos pontos pretos sumiram de sua visão e ela pensou que se Lucas fosse gay ela teria que fazer uma operação de mudança de sexo. Ele valia a pena.”

Pág. 125

foto (9)

Estarei sorteando, entre os comentaristas, um kit com marcadores e card da Intrínseca –> Resultado 15/02.

Alguém aí já leu ou tem vontade de ler? Nos vemos nos comentários! :*

Comente com o Facebook:

19 comentários:

  1. Nossa, Mi, chegar na página 50 deste livro foi um tormento e uma vitória hahaha. Sério, achei que nunca fosse acabar!
    Eu me decepcionei demais com esta leitura! Acho que o maior problema não é o número de informações, mas sim que elas não são bem contadas. A escrita da autora me irritou, achei muito imatura - as frases são pouco desenvolvidas =/

    Ah, as semelhanças com Crepúsculo... Eu AMO a Saga, confesso, mas esta "adaptação" foi muito mal feita. O tempo todo, as coisas pareciam gritar "CREPÚSCULO, CREPÚSCULO!".

    Enfim, não foi nada proveitoso. Talvez o final - onde mudei de ideia um trilhão de vezes e talvez eu leia o próximo volume, pq estou curiosa sobre algumas coisas...

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, Ceile, ainda tem esse fator... a história não é bem contada! :/
      Eu também amo a Saga e, como disse na resenha, fiquei muito triste.
      O final nos deixou curiosas então, rs.

      :*

      Excluir
  2. Oi Mi!
    Estou com esse livro para ler, mas ainda não consegui =(
    Uma amiga comentou que a história não era boa, e acabei deixando o volume de lado...
    Vou dar uma chance para ele kkkk
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois que ler, me conta o que achou! :P :*

      Excluir
  3. Gostaria de ler esse livro sem dúvidas.


    http://paginasnaestante.blogspot.com.br/
    @pginasnaestante

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Tenho o livro na minha lista pra ler, ainda não o li por não sentir muito interesse, confesso.
    Depois de algumas experiências não muito boas não coloquei muitas expectativas na leitura do livro, mas vou tentar ler!
    Adorei a resenha, e gostei do quote!
    Beijos;
    Leticia - ObsessionValley.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leticia, como você não vai com tantas expectativas e depois de ter lido algumas resenhas, talvez a leitura flua mais fácil com você! :) :*

      Excluir
  5. Oi, muito bom quando tem ação no livro, eu gosto. A leitura flui bem..
    Beijocas
    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Mi, tenho muita vontade de ler esse livro, viu? Já vi várias resenhas negativas como também positivas, então fico na corda bamba. Como vc disse, tem que ler para tirar as próprias conclusões.
    Agora, não gosto de leituras que tem muita informação assim, que chega a deixar cansativo, sabe? Para ser sincera, quanto mais simples e direta é a narração, mais eu gosto. Não sou chegada a firulas rs.

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kel, e tem hora que cansa mesmo! :/
      Mas leia, vai que você gosta... Ah, me conta depois.

      :*

      Excluir
  7. Hummm este livro parece ser ótimo e eu acredito que eu ia gostar caso lesse. Porém a parte que páginas e páginas são apenas de informações, pode gerar um pouco de desânimo , mas se a história for boa a gente esquece esse detalhe chato né? ehehhehee.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fê, como coloquei na resenha, foi um pouco difícil pra mim, mas quem sabe você não curta?!
      Me conta tuas impressões depois! :*

      Excluir
  8. Boa tarde,

    Gostei muito da sua resenha e não conhecia o livro, quem sabe eu leia um dia....abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Já li tanta resenha negativa desse livro, que a vontade de l~e-lo foi pro brejo. E os pontos que vc citou; mt informação, semelhança do Crepúsculo só me fizeram confirmar que vou manter distância disso. HAHAHHAHAHAHA

    Beijooooooooooos

    ResponderExcluir
  10. Este livro tem algumas caracteríticas que me atraíram, como a capa linda e a mitologia grega (que eu adoro), mas muitos blogueiros assim como você já citaram a semelhança que o livro tem com Crepúsculo, e só isso já foi o bastante para me afastar, não quero ler um livro que fica lembrando todo o tempo outra saga, é uma pena que a autora não tenha conseguido criar personagens e uma trama totalmente original. E eu também acho irritante quando um autora joga muitas informações nas primeiras páginas, deixa a leitura cansativa.
    Abraços.

    http://viciadoemlivrosefilmes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Mi comprei esse livro muito no calor da empolgação e quase me arrependo com tantas criticas negativas. #MEDO A capa dele é realmente muito bonita, mas pelo que você descreveu, acho que terei problemas com essa narração e excesso de informações =S
    Mas você citou um Lucas aí... #CRESCEOSOLHOS rs

    ResponderExcluir
  12. Oi, nossa, pensei que esse livro era incrível.
    Parecia pela sinopse. Quem sabe não tento ler ainda?

    Bom, vamos ver. =D

    Beijos.

    P.S: Não se parecer com crepúsculo é bom ou não. Rsrs

    ResponderExcluir
  13. Oi, nossa estava louca para ler, mas não tenho tanta certeza.
    Rsrs
    Vamos ver.

    Beijos.

    ResponderExcluir

Olá, querido leitor!
Nós agradecemos a sua visita e carinho.
Não serão aceitos comentários ofensivos/ spam, ok? Lembre-se que o seu comentário é a nossa motivação! ♥

Volte sempre!